Páginas

Será que o CNJ lê este BLOGUINHO? Poderia, né? Assim saberia mais coisas que os Desembargadores fazem para proteger suas crias e tirar dinheiro de quem fala a verdade........eu falo e escrevo sobre eles e nunca me processaram, porque será essa discriminação comigo? Ah, vai ver que é porque eu provo o que falo e não tenho medo da Corja e nem dinheiro para dar de indenização as filhinhas que passam na frente de 180 juizes numa promoção sem vergonha, armada por papai poderoso...... não sou jornalista, só blogueira,mas se Juiza Leticia B.Pacheco Lustosa quiser me processar, fique à vontade........



Leticia B. Pacheco Lustosa fez carreira meteórica na Magistratura (outras filhas, filhos e parentes também),mas quando entrou para essa carreira, preenchia os requisitos? Alguém sabe me dizer?







Segundo uma velha anedota de advogados, existem três tipos de Judiciário. Há o Judiciário bom. Existe, ainda, o ruim. E há também o Judiciário do Paraná. Como exemplo do primeiro caso, pegue-se a decisão de ontem (19) do Supremo Tribunal Federal (STF) que, por unanimidade, considerou constitucional uma resolução que trata da proibição do nepotismo no Judiciário. O caso chegou ao Supremo através de uma ação da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), que questionava a competência do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para definir como inconstitucional a contratação de parentes por membros do Judiciário. Na prática, portanto, o STF recomenda o fim do nepotismo. "O nepotismo é um desrespeito aos atos republicanos e à ordem constitucional", afirmou o relator, o ministro Celso de Mello. Perfeito. Pena que, no Paraná, a prática do nepotismo pelo Judiciário ainda seja corriqueiro. E, pior de tudo, os membros do poder togado ainda se considerem cidadãos acima da lei que impera sobre o resto dos mortais. Veja o caso da jornalista Ruth Bolognese. Em 2004, em nota na coluna que assinava no jornal "Folha de Londrina", ela informou que, em concurso realizado pelo Tribunal de Justiça, a juíza Letícia Pacheco Lustosa - filha do atual corregedor-geral de Justiça, Leonardo Pacheco Lustosa - teria passado à frente de uma fila de 180 outros juízes para ser transferida do Interior para Curitiba. Detalhe: sua nota foi baseada em informações do próprio TJ. Sentindo-se ofendida, a juiza entrou com uma ação de reparação contra o jornal e a jornalista. O periódico, de propriedade do ex-banqueiro José Eduardo de Andrade Vieira, fez um acordo para o pagamento de R$ 50 mil à magistrada. Para a jornalista, caberiam outros R$ 50 mil. Os advogados do jornal, rábulas de magano, só esqueceram de avisar Ruth Bolognese do acordo. A coisa piora: revelando um espírito de corpo inaceitável para uma entidade ligada ao Poder judiciário, a Associação dos Magistrados do Paraná (Amapar) comemorou o desfecho do imbróglio afirmando que a decisão "serve como lição". A imprensa livre é um dos pilares da democracia. A sociedade deseja apenas maior cautela, a fim de que essas acusações levianas não se repitam". O tempora o mores. A mesma Justiça que mostra-se incapaz de defender os direitos da patuléia, é rápida demais em atender aos seus próprio interesses. Mesmo que surgidos das questões mais mesquinhas. Para contrapor a informação publicada por Ruth Bolognese, por exemplo, a juiza Letícia Pacheco Lustosa poderia ter se valido do saudável e democrático direito de resposta. Mas não. Como afirma a associação de seus pares, era necessário dar "uma lição" à jornalista. E a lição é: não se meta com o Judiciário. O jornalista metido que ousar quebrar o pacto pode até não parar atrás das grades. Mas vai sentir na carne - e no bolso - o que é juntar R$ 50 mil quando o salário médio da categoria não ultrapassa os R$ 2 mil mensais. Que democracia é essa?

7 comentários:

Anônimo disse...

A "APROVAÇÃO" DA MOÇA QUE FEZ O MESMO CONCURSO DO DR. PELUSO E DO DR. NEY GUIMARÃES QUE, SEGUNDO SE FALA A BOCA PEQUENA ESCOLHEU A NOTA QUE DESEJAVA AFINAL, SEQUER FEZ AS PROVAS, É FILHO DO RECEM FALECIDO DR. NEY GUIMARÃES SECRETÁRIO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PARANÁ,E, CURIOSAMENTE MORTO EM "ACIDENTE" DE AUTOMÓVEL, E ESTRANHO QUE ESSE DR. ERA O SECRETÁRIO DA CORJA NO CASO ALFHAVILLE, ERA ELE QUEM CUIDAVA DAS FINANÇAS, CHEQUES ETC....ETC....E, UNS DIAS ANTES DO CNJ CHEGAR, SÃO AS COINCIDÊNCIAS DESSA VIDA!

MAS, VOLTANDO AO CASO DA DRA. FILHOTA DO LUSTOSA FEZ O MESMO CONCURSO O DR. PELUSO E O TAL DR. NEY, A NOTA DA MOÇA FORAM EXATOS 6,860 DO DR. PELUSO 6,770 DO FILHO DO SECRETÁRIO MORTO .....IXXXXIII ATÉ PARECE QUEIMA DE ARQUIVO,......BEM, A NOTA FOI 6,545 INFORMAÇOES NO SITE DO TJPR. CLARO TUDO NO PERIODO EM QUE O DES. LUSTOSA ERA CORREGEDOR, QUE POUCA VERGONHA!!!PRA NÃO FALAR QUE NOJO!!!!

Anônimo disse...

é bem que podia,mas acho que já possuem informações suficientes pra resolver os casos da corja, só basta aguardar pra ver como agem e, se de fato agem......

Anônimo disse...

é como digo, quem quiser garantir o seu futuro faça um concurso público, mas o critério principal voce não adquire em nenhuma academia ou curso qualaquer que seja, precisa ser fihote de desembargador, ou aparentado ou outras cositas mas!!!

Anônimo disse...

Se eu não estou errada, só pode ter sido o chefe da Amapar, aquele que provocou as tosses no pleno do Tribunal quando da audiencia pública do CNJ, fez o pessoal se afogar com sua manifestação idiota,não conheço ninguém mais hipocrita!!!

Anônimo disse...

É, Maria... esta nojeira de nepotismo, pra nossa tristeza geral, está mesmo disseminada pelos Poderes Públicos...
Apresento-lhe(s), inclusive, mais um infeliz exemplo: aqui mesmo, em Porto União-SC, a honorável (???) esposa do prefeito (também denominada por muitos como a "Primeira-Vaca" do município), não se conformando com seu afastamento da Secretaria de Ação Social (há 2 anos) quando a Câmara de Vereadores efetivou Lei Anti-nepotismo, há alguns meses convenceu seu marido a colocar uma "testa-de-ferro" na referida pasta, mas o comando é todo dela...
Se isso não bastasse, sua vingança estendeu-se também ao afastamento de alguns servidores CORRETOS, que pra ela representavam "insubordinação" aos seus desmandos (como o motorista Claudemir, a Assistente Social Silmara Talamini, a Coordenadora da Terceira-idade, Srª Rosemari dos Santos...), assim como tem se empenhado e DESMANTELAR toda a estrutura conquistada (nas administações anteriores) para amparar os idosos de nosso município...
É HORRÍVEL (e absurdo) sabermos que nossa administração pública está tão corrompida, não é mesmo?
E sabemos que esta é apenas UMA das aberrações ACOBERTADAS em Porto União...
Será que só nos resta REZAR e implorar pela Justiça Divina???

Anônimo disse...

SE BEM ME RECORDO AS NOTICIAS FORAM DE QUE O JORNAL FOI QUE ACEITOU O ACORDO SEM A ANUENCIA DA JORNALISTA, PORQUE SERÁ? TEM MEDO DE ALGUÉM DO TRIBUNAL OU É VENDIDO MESMO?

Anônimo disse...

CLASSIFICADOS /ANUNCIO-
PROCURO DESEMBARGADOR(A)PARA ME ADOTAR LEGALMENTE- TENHO 28 ANOS , FORMADO EM DIREITO, SOLTEIRO, BOA SAÚDE, NÃO TENHO VÍCIOS E MEUS PAIS CONCORDARÃO.
UNICA CONDIÇÃO: QUERO MUDAR MEU SOBRENOME.-
obs: SOU IDÔNEO E MINHA MORAL NÃO PERMITE RETRIBUIR COM FAVORES DE ORDEM SEXUAL.-
SIGNO:ARIES.
COR:BRANCA.
ALTURA:1,80.
PESO:82KLS.
OLHOS:CASTANHOS.
OBJETIVOS DE VIDA:SER APROVADO EM CONCURSO PÚBLICO - CAPACIDADE JÁ TENHO.-

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...